Recuo importante do dólar frente a cenário político

O patamar atingido pela moeda é o menor desde agosto de 2015 e foi reforçado pela estimativa referente ao cenário político mostrado atualmente. Os investidores reduziram as posições compradas na moeda americana, levando em conta a forte mobilização das pessoas nas manifestações para o impeachment da presidente Dilma Rousseff marcada para o último dia 13 de março Domingo.

A moeda americana sofre forte queda e encerra a semana com desvalorização de 4,52% com acúmulo de 10,35% de desvalorização no mês e mais de 9% no ano.

No dia 11/03 o dólar registrou queda de 1,44% encerrando em R$3,589. A notícia sobre o MP(Ministério Público) estadual que pediu a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aumentou as chances para as posições no impeachment da presidente Dilma Rousseff, fazendo uma redução no número de compradores na moeda americana.

O Ministério Público denunciou o ex-presidente por ocultação de patrimônio, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

No mercado externo o dólar recua mesmo após o BCE(banco Central Europeu) ter anunciado medidas de estímulo e pela alta no preço do petróleo.

Dólar perdendo suportes técnicos importantes em WDOFUT

Conforme pudemos verificar nos últimos dias, o dólar vem seguindo uma trajetória de quedas que superam fundos importantes registrados pelo mini dólar. Hoje 04/02/2016 a moeda registrou até às 10h48 R$3,8695 recuando em 1,24%. A mínima até o momento foi de R$3,8445.

O pregão do dia 03/02 apontou uma queda de 1,59%, levando a moeda americana ao patamar mais baixo desde o final de dezembro cotada a R$3,9179. As quedas registradas apontam que os ganhos acumulados com as fortes altas foram anulados passando a ficar abaixo do rendimento ao ano que a moeda vinha acumulando.

No alvo dos rebaixamentos de rating do país os problemas fiscais ainda são apontados como fatores determinantes para isso levando o rating soberano a grau especulativo agora pela agência Moody’s. Está sendo discutido juntamente com os técnicos da agência e o presidente do Banco Central Alexandre Tombini o andamento que será dado quanto uma possível solução.

Dentro de uma análise mais detalhada apontada pelo gráfico do dólar no pregão do dia 04/02/16, verificamos a formação de um gap de baixa pelo gráfico de 60 minutos e uma indefinição na tendência pelo diário com a formação do candle fechando abaixo da mínima de ontem 03/02. Para abrir chance na ponta compradora, será necessário aguardar a superação do candle de hoje 04/02 visando sinalizar pelo gráfico de 60 minutos a formação de um topo ainda não confirmado.

O dólar fechou em R$3,90 nessa quinta-feira e ainda pode vir a fazer novos testes de rompimento de suporte ou continuidade de uma tendência mais de baixa no curto a médio prazo se assim confirmar fechamento no próximo pregão abaixo da mínima de hoje, anulando a tentativa de recuperação nos próximos pregões.

Divulgada a lista com os melhores Fundos de Investimentos em renda fixa

Os fundos de investimentos em renda fixa tem sido ainda nos últimos anos o tipo de investimento apesar da baixa rentabilidade, o mais seguro pela maioria dos investidores. Recentemente, a agencia multinacional americana Morningstar de classificação dos principais fundos de investimentos do país, realizou um rating avaliando três fatores essenciais para as notas atribuídas.

De acordo com com a Morningstar, as notas atribuídas variam na quantidade de estrelas para cada tipo de investimento, sendo colocado em evidencia: taxas a serem cobradas na administração (impostos, custos de operação) ao cliente, taxa de risco avaliado frente ao retorno performance do fundo, ou seja, Risco x Benefício e volatilidade. Para que ocorra a avaliação de um desses fundos é necessário um período mínimo de 36 meses de histórico com um track record de cinco a dez anos.

A lista é essencial para os investidores iniciantes como alternativa aos investimentos com maior risco no mercado, como é o caso da bolsa de valores e outros fundos de ações e contratos do mercado de renda variável. Os investimentos na bolsa hoje exige uma maior atenção aos indicadores do mercado quanto a resultados gráficos, conhecimentos mais avançados de operações e análise gráfica para os investidores que desejam operar seguindo a tendência do mercado. Isso nem sempre pode ser alcançado por todos, levando em conta o quesito tempo, disponibilidade e prática com as ferramentas necessárias de operação.

Estamos disponibilizando a tabela com os 349 fundos existentes e ativos que passaram pelo levantamento, sendo colocado na avaliação máxima entre os diferentes bancos o BTG Pactual acumulando o maior número de notas máximas.

A tabela está disponível nos itens: classificação do fundo com ranking em estrelas, tipo de fundo, valor mínimo para inserção ao fundo, taxa de administração, tempo para resgate, rendimento contabilizado no mês, no ano e nos últimos 12 meses.

A relação se baseia nos resultados apresentados por cada tipo de fundo e amplia melhor entendimento quanto a qual deve ser escolhido, levando em conta o perfil de cada investidor. Confira:

 

tabela

Conheça os custos no mercado de ações

Se você é iniciante no mercado, provavelmente já se perguntou sobre quais os custos envolvidos para começar a investir, ou quanto preciso ter de capital para começar qual a corretora confiável e mais segura que ofereça um bom Home Broker e tenha mais vantagem para suas decisões.

Darei alguns exemplos sobre os custos que estão envolvidos para quem quer operar no mercado, pois não basta ter dinheiro simplesmente. Você precisa ser um bom administrador(a), além de conhecer o mecanismo de funcionamento de suas operações que nada mais e nada menos que suas atitudes dentro do mercado.

Corretagem

A taxa de corretagem é a taxa cobrada pelas corretoras para a realização de compra e venda junto à bolsa de valores . Dependendo de sua corretora esse pode ser um valor fixo independente do volume financeiro movimento em uma operação, cobrança de porcentagem do que está movimentando e porcentagem do montante mais valor fixo.

Valor fixo: O valor fixo é a taxa mais utilizada atualmente pelas corretoras apenas para de ordens de compra e venda pelo home broker. Por exemplo operações de compra e venda de R$1.000,00 reais pode ser cobrado R$5,00 reais de corretagem após essa execução, como também será cobrado R$5,00 reais por ordem executada sobre um volume financeiro de R$10.000,00 reais.

Porcentagem sobre o valor investido: Esse valor é cobrado conforme o volume financeiro movimentado. Ele será decrescente para operações que tenham um volume muito grande e será sempre proporcional ao mesmo.

Porcentagem mais valor fixo: Essa taxa é usada pelas mesas de operação, quando os investidores optarem por negociar pelo telefone. Aqui nesse caso a porcentagem terá variação conforme o valor financeiro .

Dentre a cobrança das taxas dos serviços executados existe também a incidência de ISS(Imposto sobre Serviços)  no valor da corretagem que dependendo de alguns municípios será de 5%. Vamos calcular o seguinte

Suponha que desejo realizar uma compra, então minha corretagem será de exatamente R$5,00 reais vou pagar de ISS durante essa ordem executada de R$0,25 .

E os emolumentos

Os emolumentos serão as taxas cobradas diretamente pela BM&F (taxa de negociação) e CBLC(liquidação).

Serão taxas que incidindo sobre as taxas de ordens executadas descontam o prêmio bruto ou montante aplicado e movimentado.

Exemplo de operação :

Compra de 10.000 reais em ações da PETR4 sobre o custo de corretagem de R$10,00 e emolumentos de 0,0345%.

Emolumentos = R$3,45

Corretagem = R$10,00

Total = R$13,45

Agora vendendo minhas ações a R$11.000,00 reais dias depois sobre os mesmos custos operacionais anteriores .

Emolumentos = R$3,79

Corretagem = R$10,00

Total = R$13,79

O meu lucro líquido é baseado no cálculo da soma das taxas retirando a diferença ao lucro obtido que será conforme segue:

Capital incial = R$10.000

Capital final = R$11.000

Lucro bruto = R$1.000,00

Total de taxas = R$27,25

Lucro líquido = R$1000 – 27,25 = R$972,75

Custódia

A taxa de custódia é o valor mensal cobrado pelas corretoras para cobrir seus custos operacionais junto a CBLC. Algumas das corretoras cobram o valor de R$10,00 para contas com posição, ou seja com movimentação e R$5,00 reais para contas sem movimentação no mês só para manter as ações em carteira. Claro existem muitas que não cobram a custódia e oferecem melhores condições tendo em vista uma redução sobre o valor que você ganha.

Como declarar imposto de renda sobre ações?

Nesse texto estarei falando um pouco mais sobre o imposto de renda. estou vendo em muitos lugares esse tipo de dúvida ainda então para não esgotar o assunto estarei complementando algumas informações.

Você que é investidor e utiliza o mercado de ações realizando muitas operações mensais, precisa conhecer como declarar seu imposto de renda e estar sempre atualizado junto a Receita Federal . Vejamos :

A instrução normativa 25/2001 e 487/04 informa por definição que é devido imposto de renda sobre incidência de lucros líquidos em operações realizadas na bolsa de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas existentes no país. Entende-se que são todas as operações que envolvam ações, opções e termos. Para podermos incluir os valores a serem pagos é necessário apurar a movimentação mensal das ações e das opções e verificar o lucro líquido obtido. Preencher uma guia conhecida como DARF(documento de arrecadação da Receita)  que pode ser impressa no site da própria Receita Federal e pagar em qualquer agência bancária ou pelo site do banco.

Para que você pague corretamente os impostos gerados será necessário alguns passos quanto a forma de organização dos cálculos a serem feitos sob as operações utilizadas :

-Será necessário somar todo o lucro líquido obtido no período por meio das notas de corretagem emitidas por sua corretora onde estão apurados os custos operacionais de corretagem, taxas e até às vezes o imposto adiantado e reter 15% desse valor a título de contribuição. Uma vez retido é só realizar o preenchimento correto do documento e realizar o pagamento .

Existe um limite que a Receita considera como isento até R$20.000,00 reais mensais. Por exemplo : Se você comprou R$ 80.000 em ações no mês passado e você vender em 4 parcelas de R$ 20.000 nos próximos meses você é isento do pagamento de imposto, com exceção do mês que fez a compra. Agora se você teve prejuízo em meses anteriores não precisa declarar imposto e poderá compensar nos meses subsequentes. A Receita entende como lucro quando existe venda de ações com fechamento dessa por meio da operação, sendo exigido apenas o controle do valor para essa contribuição no valor gerado.

No caso de acontecer rendimento em uma ação e perda em outra no mesmo período, deverá apenas ser calculado sempre o lucro líquido menos os descontos gerados conforme informado: taxas de corretagem, emolumentos, custos operacionais etc. Já as operações daytrade a retenção é diferente. As operações daytrade são aquelas onde existe a compra de uma ação e a venda dela é feita no mesmo dia. Esse tipo de operação já vem cobrado na fonte 1% do lucro, mas possuem alíquota de 20% e se houver prejuízo só poderão ser compensadas no caso de operações à vista os 1%.

Como ter uma boa aposentadoria?

Todos nós sabemos que é importante considerar que o trabalho durante a fase de vida de todo bom assalariado ou empresário é uma etapa essencial para o crescimento econômico de um cidadão e que a boa administração de seus ganhos durante todo esse tempo de muito trabalho é o que determina seu padrão de vida daqui para frente. Mas o que ainda resta dúvida, é como alcançar aquela renda complementar quando o trabalho já vai ficando para trás! E estou a falar de aposentadoria, isso mesmo, aquela renda em que entra como benefício ao trabalhador que já alcançou o tempo de contribuição mínimo estipulado pelo sistema previdenciário. Mas não só esse tipo de aposentadoria que gostaria de abordar aqui, como também aquele complemento de renda que todos sonham em ter quando “pendurar as chuteiras”.

Os resultados que temos em relação a expectativa no mundo é que a população idosa estará crescendo 35% a 60% até em 2020 de acordo com o Jornal Valor Econômico e isso se mostra em aumento nos gastos públicos com pensões previdenciárias, benefícios, assistências médicas entre outros gastos públicos. Frente a esse quadro, ainda existe um estudo realizado pelo IBGE mostrando que 1% dos aposentados conseguem sobreviver com o benefício que recebem ou pelo menos manter seu padrão de vida. Os demais 46% dependem de parentes, 28% de caridade e o restante continua trabalhando para complementar seus gastos.

A população está crescendo e a expectativa de vida está aumentando e com isso a distribuição de renda acaba não suprindo de forma integral a necessidade e assim cabe a pessoa buscar mecanismos complementares para enriquecer seus ganhos durante essa fase.

A aposentadoria é um planejamento e pode ser alcançada por qualquer um levando em consideração a forma em que se administra seus ganhos hoje e seu padrão de vida.

Nesses casos, planeje seus gastos, distribuindo a sua renda ao que realmente é essencial como: alimentação, despesas do mês, planos médicos e aquisição de imóveis e lazer. Reserve parte de seu dinheiro como parcela visando acúmulo de capital futuro, pensando como um “pé de meia”. Reajuste esse capital procurando por investimentos conservadores, como renda fixa, mas também investimentos agressivos no mercado de ações para aumentar consequentemente os ganhos. Para investir no mercado de ações, é necessário fazer um curso de análise gráfica primeiramente, assim você terá o conhecimento necessário para fazer seu dinheiro trabalhar por você na bolsa de valores.

Essas estratégias são alguns exemplos de complemento rentável e que além de fornecer segurança financeira provêm até futuro em termos de aumento no padrão de vida em relação ao que se vive hoje. A educação financeira melhora o fluxo de seu dinheiro, e evita o que muitas famílias vivem hoje que são as dívidas, o cheque especial, os juros de cartão de crédito e o empréstimo. A meta é estabelecer prioridades e cumprí-las conforme a demanda de seu dinheiro hoje. Aposentadoria é tranqüilidade financeira alcançada por quem trabalhou por muitos anos pela valorização do dinheiro ganho.

Mercado Integral ou Fracionário?

Muitas pessoas têm me perguntado sobre a situação de se iniciar no mercado de ações com pouco dinheiro, ou seja, uma quantia exata de capital necessária para começar seus investimentos na bolsa de valores. Acontece que o mercado financeiro nesse ponto é aberto a múltiplas formas de negociação e cada uma dessas formas, possuem um objetivo e nesse objetivo se encontra o que está sendo negociado que é o valor de um ativo.

Existem dois tipos de mercados e cada um deles garante ao pequeno investidor um movimento de seu capital. Esses mercados são conhecidos como: “Mercado Integral” e “Mercado Fracionário”.

Mercado Integral: A empresa que atua na bolsa de valores, negocia um capital aberto e seus ativos são oferecidos para compras em lotes nas quantidades : 100, 1.000, 10.000 ou 100.000 ações. Nesse caso o nº de 100 ações entra como um lote mínimo a ser comprado e vendido. O investidor compra nessa forma de investimento a um preço mínimo um lote de 100 ações e realiza a venda de seus papéis na quantidade correspondente ao nº de ações compradas visando lucro sob o preço de compra inicial.

Mercado fracionário: No caso do “mercado fracionário” a possibilidade de investir e negociar em menores quantidades e valores inferiores ao citados acima se torna possível. Esse tipo de investimento negocia partes de um lote padrão do mercado integral. Por exemplo: Você compra 100 ações no mercado integral e mais 50 ações no mercado fracionário.

Cada mercado funciona de forma independente e possui diferenças que se deve levar em conta em relação a cotação, a liquidez que influenciará no rendimento final do total destinado a aplicação.Podemos identificar um papel do “mercado fracionário” pela letra F (PETR4 F), onde o valor se destina a compra em seu preço atualizado. Como as possibilidades de investimento são múltiplas, conforme citado anteriormente, será necessário uma prévia análise de atuação antes de sua escolha para não sair comprando “a torto e a direita” qualquer coisa disponível. Primeiramente, deve-se considerar o objetivo dessa aplicação como: período (curto, médio ou à longo prazo) , valor a ser utilizado, tipo de investimento, análise de risco x ganho e sua liquidez durante o período em que se está comprado, evitando tendências de reversão em queda caso a empresa não esteja tendo um bom rendimento.

O investidor precisa atentar-se que quando há um capital a ser utilizado a escolha da empresa é imprescindível, pois o desempenho que estiver apresentando no momento em que for escolhida será determinante em seus rendimentos. Portanto, dedique-se em acompanhar planilhas de rendimentos, históricos dessa empresa, notícias, perspectivas de mercado junto ao índice, lucros, mas principalmente olhe bem o gráfico da empresa e faça uma ótima entrada, garantindo que seu capital estará bem investido.

O que é a taxa SELIC?

O mercado de ações sempre foi movido por expectativas, se as expectativas futuras dos investidores para o mercado, são boas então eles compram ações, fazendo o movimento predominante ser de alta. Se as expectativas futuras são ruins, eles vendem as ações e colocam o dinheiro em investimentos seguros como por exemplo, poupança, fundos DI, CDB, renda fixa e etc. Esses investimentos, possuem uma referência para determinar quantos juros o seu dinheiro vai render no ano, essa referência é a taxa SELIC.

Se a taxa SELIC está em 12% ao ano, significa que os fundos de renda fixa, poupança, e etc vão render 1% ao mês. Agora eu pergunto a você, se o governo reduzir a taxa SELIC, isso será bom ou ruim para a Bolsa de Valores? Com certeza será bom, pois muitos investidores vão retirar seu dinheiro da renda fixa, e partir para a renda variável comprando ações e impulsionando os preços para cima.

Se houver um aumento na taxa SELIC, muitos investidores vão se desfazer de suas ações e partir novamente para a poupança, renda fixa e etc, largando mão de um investimento que consideram perigoso, para um que rende pouco mas é totalmente seguro. De certa forma, podemos usar a poupança para deixar o dinheiro quando estivermos líquidos no mercado, porém para obter um bom rendimento com poupança, é necessário deixar lá por muito tempo o seu dinheiro e algumas vezes realizar aplicações mensais, para aumentar os juros compostos.

Caso estiver indeciso sobre seus investimentos, o ideal é fazer as contas, por exemplo, em 10 anos você poderá duplicar seu dinheiro na poupança, se a taxa SELIC se manter em 12% nesses 10 anos, então você terá um rendimento de 120% sobre todo o seu dinheiro. É um rendimento e tanto, mas e se você só tem R$ 1.000,00 na poupança? Então gastou 10 anos para ganhar apenas R$ 1.200,00 sendo que poderia ter aplicado esse valor na bolsa de valores e conquistado ganhos muito maiores provavelmente. Para conquistar a independência financeira, não basta analisar o retorno do investimento, mas saber analisar também o retorno x tempo.

Bolsa de valores perdeu os 60 mil pontos

Após um longo período de queda, iniciado em Janeiro de 2011, a bolsa de valores recentemente perdeu um suporte muito importante nos 60 mil pontos, continuando com sua tendência de baixa até o momento. Apesar de o índice ibovespa estar em tendência de baixa, eu acredito que essa queda é uma queda saudável, de realização de lucros, essa queda só servirá apenas para futuramente a bolsa de valores buscar os 70 mil pontos de novo. Não há motivos para preocupações, a queda da bolsa, tem sido uma queda lenta e quem sabe se proteger no mercado, não está necessariamente no prejuizo.

A pior queda, é aquela que ocorre rapidamente e não dá tempo para o investidor decidir o que fazer. As ações da Petrobrás também estiveram por um longo período em tendência de queda, e ainda estão, porém a queda foi lenta e serviu para quem acredita no futuro da empresa, encarteirar uma quantidade maior de ações a um preço menor, fazendo preço médio. Na crise de 2008 a bolsa caiu rapidamente, por isso muita gente ficou assustada e teve aquele desespero todo.

A tendência ainda é de baixa, porém não é motivo para preocupações mais, se você está investindo em uma empresa e acredita nela por seus fundamentos e tudo mais, continue nela pois a bolsa de valores com essa queda, só tem dado espaço para crescer futuramente de novo e quem sabe dessa vez ultrapassar o topo histórico em 72 mil pontos.

Movimento de realização ou correção

Quem investe na bolsa de valores, com certeza já deve ter ouvido falar sobre movimento de realização, ou correção no papel. Aqui nesse post, vamos explicar melhor o que significa esse movimento, e dar alguns exemplos de realizações e correções que ocorreram ultimamente no mercado.

Um movimento de realização, tem esse nome porque é quando os investidores resolver realizar seu lucro no mercado, e então o movimento força o mercado para a direção oposta que estava, em outras palavras, se o mercado estava com uma forte tendência de alta e no dia seguinte ele cai, essa queda é comumente chamada de realização, que é quando os investidores que compraram a um preço mais baixo, resolvem vender pra realizar lucro, como o movimento de venda se torna maior, há então uma queda. Isso acontece também em um mercado em tendência de baixa, pois os investidores que operam na ponta vendida também realizam lucros após vender o ativo a um preço maior, e depois recomprar a um preço menor, fazendo a força compradora impulsionar os preços pra cima.

O movimento de correção é um pouco diferente do movimento de realização, geralmente uma correção costuma ser mais forte e ficar por algum tempo maior, isso não é obviamente uma regra, mas costuma acontecer bastante. Uma correção, é um movimento nos preços da ação, seja de alta ou de baixa, que indica que o ativo estava cotado a um preço que não corresponde muito com os fundamentos. A correção é gerada por um movimento de realização de lucros também, mas quando esse movimento se torna mais forte, chamamos de correção. Um exemplo de correção, foi quando a ECOD3 subiu em apenas 1 dia, 30% devido uma notícia ter sido lançada no mercado, logo em 2 dias depois ela caiu 30% novamente, fazendo o ativo voltar “a realidade”.

Hoje tivemos um caso de uma forte correção também na MNDL4. Ela começou cotada a R$ 0,40 lá para Abril de 2011,  e nos dias e meses seguintes foi subindo muito forte, praticamente subindo todo dia até chegar a R$ 5,00. Hoje ela caiu 41,68%, indo de R$ 5,00 a R$ 2,98. Isso é um movimento de correção, não significa que continuará caindo, mas em todo gráfico existem topos e fundos, então uma hora ou outra iria ter que acontecer uma correção, infelizmente quem entrou em R$ 5,00 pegou a queda toda.

Portanto quando for investir em uma empresa, analise bem o gráfico dela, e veja se nele há algum movimento muito forte e sem justificativa, pois poderá haver uma realização ou uma forte correção, e quem pagará o prejuízo é você.

1 2